PALESTRA PAZ NAS RELAÇÕES DE TRABALHO

Contrate uma de nossas palestras e conheça o nosso diferencial.

RESPIRE MELHOR: RELAXE SUA RESPIRAÇÃO - Workshop Vivencial

"A respiração é sua maior amiga. Volte-se para ela em todos os momentos de preocupação e encontrará conforto, orientação e direção." (Mestre oriental)

O livro "Vida em Palavras" pode ser adquirido nas principais livrarias de Cuiabá ou através de contato com a escritora.

Contrate nossos serviços prestados na área de Qualidade de Vida, Motivação, Humanização do Atendimento ao Público, Humanização da Convivência e Fortalecimento do Espírito de Equipe - Contato: (65)9951-5060 / 8147-4773 E-mail: solautoconhecimento@gmail.com

quarta-feira, 25 de julho de 2012

A Tradição do Chá Zen

por Enildes Corrêa - omsaraas@terra.com.br                                      

"Você precisa  ir para si mesmo e não para alguém ou algum lugar. Você tem que somente encontrar a si próprio. Sente-se consigo mesmo.  Somente relaxe, sem querer mudar nada, sem querer melhorar ou alcançar alguma coisa. Seja gentil consigo. Diga sim para si mesmo. Apenas tenha algum tempo para si". Kiran Kanakia

"Tente entender o Zen através do riso, não através da oração. Tente entender o Zen através das flores, das borboletas, do sol, da lua, das crianças. Aprecie todo esse panorama de vida, todas essas cores, todo o espectro." Osho

"Zen não é uma doutrina, não é um dogma.  É uma visão.  Zen pode ajudar a abrir os seus olhos. Ele pode ajudar a sentir novamente, a ser sensitivo à realidade.  Zen pode lhe dar olhos e orelhas. Ele pode lhe dar uma alma."  Osho
   imagem: Google
De vez em quando, as pessoas perguntam-me sobre a tradição oriental de tomar chá.    Achei interessante trazer para o leitor a origem do costume narrado por Osho em seu livro The Grass Grows by Itself:

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Política - Uma Visão Holística

por Enildes Corrêa

"O homem tem sido forçado a permanecer na inconsciência, a permanecer em um sono profundo. Você está sendo manipulado de muitas formas sutis para continuar embriagado de poder, dinheiro, prestígio, fama, nome; todas essas coisas são tipos diferentes de ópio. É o poder que deixa as pessoas tão bêbadas, é o dinheiro que deixa as pessoas tão embriagadas. A ambição é o maior tóxico já inventado." Osho 
Os períodos eleitorais suscitam-nos inúmeras análises e reflexões. Através dos programas eleitorais, vemos a apresentação de candidatos políticos que parecem bem preparados para o exercício do mandato ao qual se candidatam e outros que, ao falar, se revelam tão alienados de si mesmos quanto da realidade externa, demonstrando total despreparo para representar politicamente o povo em qualquer instância. 

Não há critérios consistentes de seleção para que uma pessoa possa se candidatar a um cargo eletivo. Desde que filiado a algum partido político pelo prazo de um ano, qualquer indivíduo que resolver, num estalar de dedos, candidatar-se, segue em frente com sua pretensão, geralmente movido por interesses pessoais e egoístas, sem passar por nenhuma avaliação criteriosa a fim de checar a sua capacidade para defender os interesses do povo, assim como o seu caráter e a sua idoneidade moral. Nestas eleições, apesar da Lei da Ficha Limpa, ainda temos candidatos que são notoriamente “ficha suja”. Essas candidaturas tornam-se uma afronta à cidadania. 

sexta-feira, 6 de julho de 2012

A Travessia de Dante

por Enildes Corrêa
"Cada momento é o último momento. O próximo momento nunca chega. O que é realidade é o aqui e agora. Acorde para este momento e apenas esteja aqui e agora. A Existência em cada momento lhe dá a oportunidade de despertar." Kiran Kanakia
O povo mato-grossense ficou chocado com a partida prematura de seu mais renomado político, Dante Martins de Oliveira. Uma morte inesperada, abrupta, que nos deixou estupefatos. Segundo informações, Dante entrou andando no hospital e faleceu no mesmo dia. Difícil de entender, difícil de aceitar. Foi tão rápido, que o povo não teve tempo sequer de orar pela sua recuperação. 

Nesse momento de pesar em que, num único dia, pela manhã, vi a prima Eldil Rezende amanhecer morta no seu leito e, logo em seguida, à noite, a notícia do falecimento de Dante, as palavras do amigo indiano, Kiran Kanakia, com quem convivi por um período de 12 anos, e que também partiu recentemente, com apenas 65 anos, ecoam mais uma vez nos meus ouvidos: “A vida é mudança e movimento. Não há nada permanente na vida. Essa é a natureza da vida, a qual é insegura, incerta e tem um futuro desconhecido”.