segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

A Mestra indiana Kusum Modak

por Enildes Corrêa
"Eu trato cada pessoa como um Templo de Deus. E os resultados deste trabalho que vejo nas pessoas são as bênçãos da Existência, são as bênçãos de Deus."     Kusum Modak

"O corpo é o maior Mistério em toda a Existência. Este mistério precisa ser amado – seus mistérios, seus funcionamentos precisam ser intimamente investigados por dentro. Se um homem aprende a sabedoria e o mistério do corpo, ele nunca se preocupará a respeito de sacerdotes ou de Deus. Ele terá encontrado o maior mistério dentro de si mesmo, e dentro do mistério do corpo está o real santuário de sua consciência."  Osho
Kusum  Modak é uma Mestra indiana criadora de uma  fantástica e poderosa técnica de terapia corporal que uniu duas das mais antigas filosofias práticas da  Índia – Ayurveda e Yoga.  Ayurveda é a medicina natural tradicional milenar indiana, existente há mais de 5.000 anos, sendo a ciência médica mais antiga da humanidade. 

Conheci essa Mestra em Poona, em 1997, quando recebi dela uma sessão individual de massagem. Em janeiro de 1998, participei de um dos  cursos de formação profissional em Yoga Massagem Ayurvédica Tradicional, que ministra em Poona, cidade onde reside. Como terapeuta corporal, reconheci imediatamente a amplitude e a eficácia desse trabalho, um dos motivos, inclusive, que me atraiu de volta à Índia.

Ela sabe, como ninguém, devolver a vitalidade bloqueada e perdida pelos padrões de tensão que se instalam em nosso corpo. Tensões que se acumulam em vários níveis, desde o nascimento.  À medida que toca o corpo de uma pessoa, da cabeça aos pés, as couraças musculares vão se soltando e correntes de vitalidade banham o corpo por inteiro. Mesmo os corpos mais tensos e rígidos respondem de forma extraordinária ao seu tratamento corporal.

Kusum Modak não trata somente de corpos tensionados, encouraçados, desorganizados e em dor. Em sentido mais amplo, através do seu trabalho, ela faz nascer uma nova vida. Sempre que a observava trabalhar, tinha a impressão de que Kusum era, na realidade, uma parteira de outra dimensão. Na atmosfera do ambiente, nos seus gestos e ações durante suas sessões, sentia a presença de um mistério e silêncio profundos. Cada sessão é como um parto e um verdadeiro renascimento acontece. A estrutura física é reorganizada, a circulação sanguínea é ativada, a capacidade respiratória amplia-se, a energia vital circula mais livremente, o corpo rejuvenesce e o estado de saúde natural em nível físico, mental e energético tem condições de ser restabelecido com maior facilidade. 

Kusum nos diz que temos que abrir o corpo parte por parte, como uma flor que vai se abrindo, pétala por pétala. Quando ela efetua as inúmeras e eficazes manobras que compõem o seu método, percebo que cada parte fechada e contraída do corpo abre-se naturalmente, ao toque altamente consciente e preciso das suas mãos e dos seus pés (na Ayurvédica usam-se os pés para dar mais pressão ao corpo), como uma flor que recebe a nutrição necessária para crescer e desabrochar.

Fico com a certeza de que cada toque dela transcende a forma física, penetra nas camadas mais profundas do nosso ser, deixando-nos mais relaxados, purificados, fortalecidos e abertos para a vida. Foi um presente da Existência ter conhecido e estudado com Kusum, pessoa iluminada, simples, íntegra, forte, corajosa, que tem se dedicado com plenitude a esse divino ofício, o qual tem ajudado milhares de pessoas das várias partes do mundo.

Ao seu lado, o aprendizado nunca se esgota. Sua própria presença é uma fonte de cura para alunos e pacientes. Kusum transforma-se em uma Grande Mãe para os que a ela se achegam com o coração aberto. Seus braços parecem ser múltiplos como os de alguns dos deuses do hinduísmo, pois têm a capacidade de acolher milhares de filhos que adotou ao longo de quase 30 anos de trabalho e convivência com gente das mais diversas nacionalidades.

Em 2005, passei seis meses em contato direto com essa mestra do corpo e da alma. Fui professora assistente nos cursos de formação profissional que ministrou nesse período para iniciantes e professores, na  Índia e no Brasil. Foi um mergulho na Ayurvédica, o que me permitiu uma larga intimidade com esta técnica de terapia corporal indiana com a qual trabalho desde 1998.

Tenho procurado manter-me fiel aos valiosos ensinamentos recebidos para conseguir transmitir, um pouco pelo menos, da essência real da Yoga Massagem Ayurvédica Tradicional em meu país. O magnífico exemplo de vida pessoal e profissional de Kusum encorajou-me a iniciar e a continuar devotada a este trabalho terapêutico totalmente natural, que uniu e potencializou os efeitos da Massagem Ayurvédica e dos alongamentos do Yoga. 

Namastê.

21/07/2005

ENILDES CORRÊA é Administradora e Terapeuta Corporal.  Profª de Yoga. Ministra palestras e seminários vivenciais a organizações governamentais e privadas na área de Qualidade de Vida e Humanização do Atendimento ao Público. Autora do livro Vida em Palavras - coletânea de crônicas. E-mail:  omsaraas@terra.com.br

0 comentários:

Postar um comentário